ALZHEIMER

cura home care - cuidados
As vantagens da assistência domiciliar de saúde da Cura Home Care
29/11/2018
A importância de planejar o dia da pessoa com Alzheimer
23/10/2019

Os desafios da doença

Os sintomas começam a surgir aos poucos… Mas, logo causam preocupação em toda a família.

Quando alguém que amamos sofre com o Alzheimer, pode ser difícil compreender a situação e saber como lidar com a doença.

Antes da certeza do diagnóstico, são comuns lapsos de memória, mudanças de humor, dificuldade para realizar tarefas do dia a dia, guardar uma informação nova, entre outros sinais de algo que não vai bem.

O Alzheimer é a causa de demência mais comum em todo o mundo. Só no Brasil, atinge 30% da população com mais de 80 anos, segundo o Ministério da Saúde.

No nosso país, 100 mil novos casos surgem todos os anos. E como eles, milhares de famílias que se sentem perdidas, sem saber como cuidar do indivíduo nessas condição de cuidado.

E para ajudar essas famílias, nós da Cura Home Care criamos uma série especial sobre o assunto.

O que é o Alzheimer

O Alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que debilita as funções cognitivas. Com isso, o comportamento, a personalidade e as capacidades do indivíduo são diretamente afetadas.

 A causa ainda é desconhecida e o Alzheimer não tem cura. Mas, os medicamentos, atividades de consciência corporal, aproximação da família e cuidados especializados ajudam a atrasar o avanço do problema.  As consequências da doença influenciam todos ao redor. 

A pessoa com a doença

Quem sofre com o Alzheimer enfrenta sérios problemas de memória, a ponto de, nos últimos estágios, não reconhecer nem mesmo os próprios parentes.

As pessoas com a doença de Alzheimer têm dificuldade de interpretar sinais visuais e de áudio. Assim, podem ficar desorientadas e confusas. Essa desorientação pode fazer com que seja difícil a condução de um carro.

Mas, a doença afeta muito mais do que as lembranças. Com o avanço do problema, o paciente se torna cada vez mais dependente de outras pessoas para a realização de atividades simples do dia a dia.

Uma delas é o ato de se alimentar. A disfagia, dificuldade de engolir,  pode ser comum.

A família

São muitos os desafios para os familiares de uma pessoa com Alzheimer. Tanto que é comum que muitos apresentem sintomas de ansiedade e depressão. Lidar com as limitações que vão surgindo e com  os ajustes que precisam se feitos na rotina familiar gera tensões físicas e emocionais. Por isso, é essencial facilitar o dia a dia de todos os envolvidos. 

O que você vai ver aqui

Ao longo de todo mês de outubro, iremos abordar temas importantes para quem tem uma familiar com Alzheimer:

.A importância do planejamento

.Comunicação e memória

.Garantindo a segurança

.Noção de tempo

.Tratamento 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *