Como melhorar a comunicação com a pessoa com Alzheimer

A importância de planejar o dia da pessoa com Alzheimer
23/10/2019
COMO ORGANIZAR A CASA PARA O PORTADOR DE ALZHEIMER
06/11/2019
Alzheimer

A perda de memória vai chegando aos poucos… Mas quanto mais o tempo passa, mais os acontecimentos vão ficando esquecidos. 

A pessoa com Alzheimer pede não se lembrar mais até mesmo de pessoas próximas. As perguntas sobre alguns fatos se repetem, muitas vezes ao dia.

Para os familiares pode ser difícil lidar com esses esquecimentos que são uma das características mais impactantes da doença. Esse impasse  pode atrapalhar a comunicação com o paciente. 

Por não conseguir se fazer entender, a pessoa com Alzheimer pode acabar se frustrando e se retraindo. Os familiares também podem ficar decepcionados por não conseguirem vencer o desafio de uma conversa.

Por isso é importante que as pessoas próximas ao paciente tenham sempre em mente que ele não faz isso de propósito. É fundamental buscar compreender essa condição e aprender a conviver com ela.

Táticas para uma comunicação melhor

Tom de voz

Para começar, preste atenção no seu tom de voz. Nada de falar de forma agitada! Isso pode acabar agitando também a pessoa com Alzheimer. 

Use um tom de voz mais tranquilo e positivo traz paz e conforto.

Paciência

Em vez de reclamar cada vez que uma pergunta se repete, tente entender por que a pessoa está fazendo tal pergunta. O questionamento repetido pode esconder uma preocupação ou um medo.

Nunca se comunique com raiva. Nesses casos, se afaste um pouco e respire fundo antes de retomar a conversa.

Realidade

A pessoa que sofre com a doença tem a tendência de misturar presente e passado, o que é real  e imaginação. Por isso, não insista em explicar o seu ponto de vista da realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *